Logo Imagem Tempo
Voltar
yorimata-saar-estudiomovel

25.03.15

Rafael Saar participa do Estúdio Móvel, da TV Brasil, falando de ‘Yorimatã’

Conhecido pelos curtas e longas-metragens com Ney Matogrosso, ele lança agora um documentário sobre a história das cantoras Luhli e Lucina

Do Portal EBC / TV Brasil / Estúdio Móvel

Liliane Reis conversa com o roteirista e diretor de cinema Rafael Saar. Ele é conhecido por trabalhar com personagens da música popular brasileira que trazem olhares e vozes sobre comportamento e estética. Rafael escreveu e dirigiu curtas-metragens com a participação do Ney Matogrosso: Homem-ave e Depois de tudo e participou do longa também sobre o Ney Matogrosso Olho nu, documentário de Joel Pizzini. Agora, ele estreia na direção do seu primeiro longa-metragem Yorimatã,  que fala do amor livre e da geração dos anos 1970.

O documentário Yorimatã conta a história das compositoras e cantoras Luhli e Lucina, referências do movimento hippie nos anos 70. Os meninos da banda Quarto do L também marcam presença no Estúdio Móvel. A banda é originária de Volta Redonda e é formada pelos irmãos Rafael e Vitor Fontes, Antonio Cabeça (baixo) e Clayton (guitarra). O som deles é um indie rock nacional que contagia e empolga. Com um álbum na bagagem Antiquário, os meninos do Quarto do L mostram gás e originalidade para trilhar uma trajetória de sucesso…. e claro, são uma aposta do Estúdio Móvel.

Completando o programa, o Estúdio Móvel recebe o ator baiano Bruno de Sousa. Em cartaz desde de 2011 com o premiado espetáculo Benedita – Lavadeira de Almas, Bruno tem rodado o Brasil com a peça, na qual ele assume a direção, dramaturgia e atuação do espetáculo.

Assista ao programa, na íntegra, no site da TV Brasil. Clique aqui.

, , , , , , , , ,