Logo Imagem Tempo

Só um homem só

longa-metragem | em captação

Elísio Pitta é um experiente bailarino negro que vive sozinho em uma casa simples no litoral sergipano, onde ensaia seu retorno aos palcos: um espetáculo solo, inspirado no clássico Otelo, de William Shakespeare. A mitologia dos Orixás é sua inspiração para criar esta personagem. Sua rotina mudará completamente quando um estranho acontecimento afastar todas as pessoas que moram em sua comunidade, deixando-o sozinho. Ele precisará de todas as suas armas para enfrentar o inimigo que se aproxima.

Patrocínio:
O projeto possui cotas de patrocínio disponíveis através da Lei do Audiovisual. Contate-nos: info@imagemtempo.com

Sobre o diretor:

Allan Ribeiro dirigiu e roteirizou 11 curtas, com destaque para Ensaio de cinema, O brilho dos meus olhos , A dama do Peixoto e O Clube, que juntos receberam mais de 100 prêmios. Em 2012, dirigiu Esse amor que nos consome, seu primeiro longa, que estreou no Festival de Brasília, recebendo prêmios neste e outros festivais, e que foi exibido também em festivais fora do Brasil. Em 2015 lançou seu segundo longa-metragem, Mais do que eu possa me reconhecer, na Mostra de Tiradentes, recebendo o prêmio de melhor filme.

Direção e argumento Allan Ribeiro
Roteiro Allan Ribeiro
Douglas Soares
Guilherme Sarmiento
Produção executiva Daniela Santos
Direção de fotografia Pedro Faerstein

 

Produção Imagem-Tempo

Notícias Relacionadas