Logo Imagem Tempo

Atrás do muro havia cinema

mostra de cinema | 2010

O Muro de Berlim caiu há 20 anos. Começa a cair agora o Muro de Silêncio em torno do tesouro cinematográfico da Deutsche Film AG (DEFA), produtora de cinema estatal da extinta Alemanha Oriental. Fundada em 17 de maio de 1946, três anos antes da criação da República Democrática Alemã (RDA), ela desapareceria em 1992, três anos após a queda do Muro de Berlim em 09 de novembro de 1989. Os embates ideológicos da Guerra Fria e as versões vencedoras da Reunificação das duas Alemanhas soterraram 46 anos de sua existência. Durante esse tempo, foi produzida uma coleção de filmes, composta de 750 longas metragens, 200 filmes de animação e de mais de 3000 documentários. Na contemporaneidade, a informação percorre o planeta em velocidade cada vez maior, de forma quase instantânea. É, portanto, no mínimo curioso existir uma filmografia tão extensa e variada que permanece intacta aos olhos dos espectadores. Atrás do muro havia cinema mostrou no Brasil esta produção, estas experiências estéticas, políticas e humanas. Esta descoberta permitiu a análise e o entendimento não apenas destas obras como também dos fatores históricos por detrás de sua criação e de seu esquecimento. Ver, então, esses filmes a partir dos valores e preconceitos da Guerra Fria, ainda bem vivos entre nós, sem levar em conta essa realidade, é deixar de aprender com uma filmografia que se caracteriza por sua temática antifascista, é não desenvolver um olhar crítico. Aventurar-se nos filmes da DEFA de olhos e peito aberto é deixar-se surpreender pela vida que nos é revelada, é estabelecer analogias entre as nossas ilusões perdidas e as deles. É reiterar o lugar do Cinema como território privilegiado de sonhos e utopias.

Caixa Cultural, Curitiba, Salvador, 2010

Website
Curadoria Betch Cleinman
Produtor executivo Matheus Ramalho
Coordenação editorial Betch Cleinman
Matheus Ramalho
Design Thiago Lacaz

 

Empresa produtora Imagem-Tempo
Patrocínio Caixa Econômica Federal