Logo Imagem Tempo
Voltar
Cronica-da-demolicao-16

21.10.15

Após debate no Odeon, público ocupa instalação do Palácio Monroe (fotos)

No sábado, dia 10 de outubro, Crônica da demolição foi exibido na sessão Cine Encontro do Festival do Rio, no Cinema Odeon – Centro Cultural Luiz Severiano Ribeiro. Após a sessão, foi realizado debate com mediação da jornalista Cristina Grillo, e participação do diretor Eduardo Ades, da montadora Eva Randolph, e dos arquitetos, entrevistados do filme, Alex Nicolaeff e Margareth da Silva Pereira.

“A conversa, mediada pela jornalista Cristina Grillo, começou com a pergunta-chave do longa: Afinal, por que o Palácio Monroe foi demolido? Alex Nicolaeff, um dos arquitetos entrevistados, foi enfático: “A razão fundamental é a cobiça. Aquele terreno era valiosíssimo. Não dá para falar que foi por causa do metrô, porque quando se determinou o plano da linha ela já contava com um desvio para preservar o prédio”. Indo mais a fundo na questão, Nicolaeff observou que “a arquitetura é uma arte social. Qualquer reforma e construção gasta muito dinheiro. Aquele prédio foi fruto do dinheiro da sociedade, mas houve uma convergência de fatores sociais, políticos e econômicos que levou à sua demolição. O coletivo não estava mais interessado no Monroe”.” (Juliana Shimada / Festival do Rio)

Confira a cobertura completa do debate no site do Festival do Rio, neste link.

Após o debate, Eduardo Ades convidou o público a visitar uma instalação do Palácio Monroe – feita pela Imagem-Tempo e coordenada pela cenógrafa Daniela Solon – na praça Mahatma Gandhi. Essa instalação apresentou os contornos do Palácio Monroe, em seu tamanho real, no local onde foi originalmente construído. Por meio dessa instalação, pretende-se apresentar aos cariocas de hoje uma noção da presença do palácio na paisagem da Cinelândia. E, simultaneamente, reforçar a ausência do prédio, já esquecido pela maior parte das pessoas que passam pela região. Uma homenagem à memória da cidade, no ano em que se comemoram seus 450 anos.

A instalação ficou aberta a visitação entre os dias 26 de setembro e 14 de outubro. Confira as fotos abaixo.

Cronica-da-demolicao-13

Cronica-da-demolicao-12

Cronica-da-demolicao-17

Cronica-da-demolicao-14

, , , , , ,