Logo Imagem Tempo
Voltar
apocalipse-ivo

02.11.13

‘Apocalipse de verão’ ganha prêmio de melhor fotografia em Vitória

Fonte: Cineclick | Por: Roberto Guerra

A 20ª edição do Festival de Vitória revelou seus vencedores na noite deste sábado (2), em cerimônia de premiação realizada na Estação Porto, no centro da capital. O longa Avanti Popolo, de Michael Wahrman, recebeu o troféu Marlin Azul de Melhor Filme. Na Mostra Competitiva de Curtas, que premiou produções em 11 categorias, o troféu de Melhor Filme foi para Os Irmãos Mai, de Thais Fujinaga.

Avanti Popolo traz o consagrado cineasta Carlos Reichenbach, falecido em 2012, no papel de um senhor amargurado que divide uma casa decrépita com a cadela Baleia. Um dia ele recebe a visita de seu filho, que, por meio de imagens captadas em Super-8 pelo irmão desaparecido, tenta reavivar a memória do pai e tirá-lo da impassibilidade imposta pelos anos de espera em vão.

Os Irmãos Mai conta a história de dois irmãos de origem chinesa que saem pelo centro da cidade em busca de um presente para a sua avó. Quanto mais procuram cumprir este objetivo, mais distantes eles ficam do plano originalmente traçado.

Veja os vencedores do 20º Festival de Vitória:

LONGAS-METRAGENS

Melhor Filme: Avanti Popolo, de Michael Wahrman
Menção Honrosa: Pedro Maia, por sua atuação no longa Depois da Chuva, de Cláudio Marques e Marília Hughes

CURTAS-METRAGENS

Melhor Filme: Os Irmãos Mai, de Thais Fujinaga (SP)
Melhor Direção: Marcelo Caetano, por Verona (SP)
Melhor Fotografia: Ivo Lopes Araújo, por Apocalipse de Verão (RJ)
Melhor Roteiro: Daniel Caetano, por Coisas Nossas (RJ)
Melhor Concepção Sonora: Pablo Lamar, por Tremor (MG)
Melhor Montagem: Caian Viola Andrade, por Perto da Minha Casa (ES)
Melhor Direção de Arte: Maira Mesquita e Flora Rebollo, por Verona (SP)
Melhor Atriz: Fernanda Chicolet, por Colostro (SP)
Melhor Ator: Luis Mai e Recardo Mai, por Os Irmãos Mai (SP)
Prêmio Especial do Júri: Doutor, Meu Filho É Animador, de Marcos Magalhães (RJ)
Prêmio do Júri Popular: Perto da Minha Casa, de Coralini Covre e Diego Locatelli (ES)

MOSTRA FOCO CAPIXABA

Melhor filme: Reikwaapa, de Ricardo Sá e Wera Djekupe
Menção Honrosa: Sinal Vermelho, de Naiara Bolzan e Cristina Margon

, , , , , ,